quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

A vocação ao matrimônio


O Sacramento do Matrimônio é doação. É a união por meio da qual os esposos se entregam totalmente um ao outro – similar ao amor de Deus pelo seu povo, à Igreja, e ao amor de Cristo que se entregou em sacrifício pela salvação da humanidade. Matrimônio é vocação. É um caminho pelo qual os esposos devem buscar viver a beleza da santidade enquanto alcançam a realização de seus sonhos.
O Catecismo da Igreja Católica (CIC) indica que o amor é a vocação de todos nós:“Deus, que criou o homem por amor, também o chamou para o amor, vocação fundamental e inata de todo ser humano. Pois o homem foi criado à imagem e semelhança de Deus, que é amor. Tendo-os Deus criado homem e mulher, seu amor mútuo se torna uma imagem do amor absoluto e indefectível de Deus pelo homem. Esse amor é bom, muito bom, aos olhos do criador, que ‘é amor’ (1Jo 4,8.16)” (CIC 1604).
O amor entre os esposos reflete o amor de Deus por cada um de nós, por isso a vocação ao matrimônio se faz importante para a Igreja. Diz o Papa Francisco em uma de suas catequeses sobre a família que “a aliança conjugal é algo que enriquece a Igreja” e que para viver a vocação ao matrimônio é preciso “um grande ato de fé e de amor”. Esse movimento de amor “testemunha a coragem de acreditar na beleza do ato criador de Deus e de viver aquele amor que leva a ir sempre além de si mesmo” (catequese do dia 6 de maio de 2015).


Contudo, viver a vocação do matrimônio é um desafio constante. Ambos precisam estar comprometidos a viver a promessa do amor conjugal. Para ser ajuda para o outro é preciso primeiramente aceitá-lo como ele é: suas qualidades e defeitos.

Acolher o outro na totalidade de sua verdade, ser compreensivo, companheiro e, na medida em que o outro sentir necessidade de mudar em alguma atitude, saber orientá-lo para dar a ele a oportunidade de fazê-lo crescer como pessoa.

Mais do que ciente das dificuldades e tormentos que ameaçam a família, a Igreja visa amparar seus filhos e filhas a viverem bem sua vocação ao matrimônio. São João Paulo II, enquanto Papa, orientou a Igreja a ver e a cuidar dos esposos como o “santuário da vida”, pois é no seio da família que se encontra uma escola de santidade e cultivo das virtudes (cf. Carta às Famílias, 1994). Mas, na prática, o que a Igreja propõe aos esposos para que possam bem viver a vocação ao matrimônio?
Sendo o amor entre os esposos a revelação do amor de Deus por nós, não podemos melhor manifestar o amor tendo como fonte o próprio amor do Criador. Por isso faz-se indispensável ao casal alimentar sua vida espiritual, ou seja, buscar em Deus o amor para ser amor para o outro.
Somente na oração é que os esposos encontram tudo quanto necessitam para viver bem a promessa do amor conjugal. Do contrário, já alertou o Papa Francisco, por meio da Exortação Apostólica“Alegria do Amor” sobre o amor familiar, que “o enfraquecimento da fé e da prática religiosa, nalgumas sociedades, afeta as famílias, deixando-as ainda mais a sós com as suas dificuldades. Os padres disseram que ‘uma das maiores pobrezas da cultura atual é a solidão, fruto da ausência de Deus na vida das pessoas e da fragilidade das relações’” (Amoris Laetitia, 43).
Busquemos, portanto, viver em santidade a vocação ao matrimônio, pois, sim, isso é possível. Tenhamos como exemplo casais reconhecidos santos pela Igreja, como Luis Martín e Maria Zélia – os pais de Santa Teresinha – que apesar das provações, souberam viver com fidelidade suas obrigações, dando o melhor de si para os seus familiares. Este casal não viveu nada de extraordinário, mas viveu tendo Deus como o centro de suas vidas: participavam de Missas diárias, tinham suas devoções particulares aos santos e ao Sagrado Coração de Jesus – fonte do amor misericordioso –, frequentavam movimentos e pastorais da Igreja, e, principalmente, se respeitavam e vivenciavam intensamente o amor conjugal. Eis a receita para bem viver a vocação matrimonial!

JANEIRO
08 - Reunião Ordinária do CAPF
12 e 13 - Estudo da CF - 2018
14 - Espiritualidade Comissão
20 - Reencontro com Casais em 2ª União
22 - Reunião CAPF com repasse das Foranias
25 - Missa de Posse Coordenadores Paroquiais
27 - Reunião P/ Coordenadores Gerais Paroquiais

FEVEREIRO
03 - Formação Pós Matrimônio
04 - Missa de Envio da 23ª Caminhada da Fraternidade
05 - Reunião Ordinária do CAPF
18 - Reunião Geral Com as Foranias Sul I e Centro
18 - Reunião Geral Com as Foranias Norte I e Norte II
19 - Reunião CAPF com repasse das Foranias
20 - Aniversário de Dedicação da Catedral de N. Sra. das Dores – 19h
24 e 25 - Formação do Núcleo Promoção e Defesa da Vida

MARÇO
03 - Reunião Geral Com as Foranias Sul II e Sudeste
05 - Reunião Ordinária da CAPF
07 - Lançamento da 23ª Caminhada da Fraternidade 19h Auditório Paulo VI
10 - Reunião Geral Pré-Matrimonial
18 - Reencontro de Casais de 2ª União
19 - Reunião Ordinária com Repasse das Foranias
24 - Reunião Casos Especiais

ABRIL
01 - Domingo de Páscoa – 4ª Procissão com Cristo Ressuscitado e Santa Missa - Potycabana
02 - Reunião Ordinária da CAPF
07 - Estudo do Doc. 105 - Leigo - 1ª Parte
16 - Reunião Ordinária da CAPF com Repasse das Foranias
22 - Lazer da Família

MAIO
06 - Reunião Geral com a Forania Leste
07 - Reunião Ordinária da CAPF
15 - Dia Internacional da Família
18 - Vigília de Oração com LEIGOS – São Fcº Assis – Dom Jacinto Brito
19 - Estudo do Doc. 105 - Leigo - 2ª Parte
21 - Reunião Ordinária com Repasse das Foranias
22 - Vigília de Oração com CASAIS – Catedral – Dom Jacinto Brito
25 - 20 anos de Episcopado – Dom Jacinto Brito
29 - Missa de Envio das Imagens Peregrinas – 20h – São Fcº Assis

JUNHO
02 - Arraial das Famílias - ECC
03 - Oficina do Pós-Matrimônio
04 - Reunião Ordinária da CAPF
08 - Festa do Sagrado Coração de Jesus
10 - 23ª Caminhada da Fraternidade
16 - Simpósio Arquidiocesano - Ano do Laicato
18 - Reunião da CAPF c/ Repasse das Foranias
23 - Estudo do Doc. 105 - Leigo – 3ª Parte

JULHO
02 - Reunião Ordinária da CAPF
06 a 08 - 17º Congresso da Região Nordeste - ECC
09 a 13 - Aprofundamento Pastoral Familiar
14 e 15 - Romaria da Terra e da Água
16 - Reunião da CAPF c/ Repasse das Foranias

AGOSTO
06 - Reunião Ordinária da CAPF
11 - Abertura da Semana Nacional da família -   Foranias
12 a 18 - Semana Nacional da família
18 - IV Romaria da Família a Santa Cruz dos Milagres
       (Encerramento da Semana Nacional da Família)
21 - Reunião da CAPF c/ Repasse das Foranias

SETEMBRO
03 - Reunião Ordinária da CAPF
14 a 16 - Simpósio Regional PF – Parnaíba - PI
17 - Reunião da CAPF c/ Repasse das Foranias
22 e 23 - Vivência Terapêutica para Casais

OUTUBRO
01 - Reunião Ordinária da CAPF
01 a 07 - Semana Nacional da Vida
08 - Dia do Nascituro
13 a 14 - Promoção e Defesa da Vida – Oficina Prevenção ao Suicídio
15 - Reunião da CAPF c/ Repasse das Foranias
28 - Espiritualidade Comissão

NOVEMBRO
05 - Reunião Ordinária da CAPF
15 - Reunião da CAPF c/ Repasse das Foranias
18 - Planejamento da Comissão 2019
23 a 25 - VII Encontro de Casais em 2ª União

DEZEMBRO
03 - Reunião Ordinária da CAPF

13 - Missa de Encerramento dos Serviços.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

ENCONTRO DE NAMORADOS





Aconteceu no último domingo dia 04 de junho na paróquia São João Evangelista e São João Batista, no bairro Parque Piauí, o Encontro para namorados.






O encontro procurava despertar as coordenações paroquiais da Pastoral Familiar para atividades voltadas para a preparação remota, qual o setor Pré-Matrimônio deve oferecer aos jovens. Pois é bom lembrar que a longevidade do namoro termina no compromisso sacramental do Matrimônio, e como tanto, o casal que namora deve evoluir no pensamento e nas atitudes, visando este objetivo de forma gradual.



Foi um encontro que funcionou em forma de oficina, ao mesmo tempo que os jovens casais de namorados vivenciavam o encontro de namorados, os agentes da pastoral familiar viam e aprendiam na prática com acontece o encontro para namorados. Essa foi a dinâmica escolhida pela comissão arquidiocesana da pastoral familiar, mostrando na prática.








Segundo os agentes paroquiais da pastoral familiar, era só elogios, e algumas paróquias já saíram com datas para um encontro semelhante já marcadas.


Tivemos também a participação de 05 casais que vieram da Paróquia Nossa Senhora do Remédios da cidade de Piripiri que é da Diocese de Parnaíba.



Contamos com a participação de mais de 250 pessoas, entre agentes de casais de namorados.




Acreditamos que os objetivos foram alcançados.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Encontro de Namorados com Cristo.




Neste domingo dia 04 de junho, a Comissão Arquidiocesana da Pastoral Familiar, estará realizando o 1º Encontro Arquidiocesano para namorados.
O Encontro será realizado na paróquia São João Evangelista, no bairro Parque Piauí, iniciando às 07:00 com a Santa Missa, indo até às 18:00 horas.

O Encontro tem como objetivo Despertar as coordenações paroquiais da Pastoral Familiar para atividades voltadas para a preparação remota, qual o setor Pré-Matrimônio deve oferecer aos jovens. Pois é bom lembrar que a longevidade do namoro termina no compromisso sacramental do Matrimônio, e como tanto, o casal que namora deve evoluir no pensamento e nas atitudes, visando este objetivo de forma gradual.

Como também desenvolver uma consciência cristã sobre a vivência do namoro, atualmente deturpada pelos modismos e pela liberalidade existente dentro das famílias e na sociedade, e altamente difundida entre os jovens pelos Meios de Comunicação Social.

Informações:

Etevaldo e Flávia – 9 8827 - 2687
Didi e Lucinha – 9 8864 - 2916

Eduardo e Deusa – 9 8842 - 3900

terça-feira, 18 de abril de 2017

LAZER DA FAMÍLIA



Está chegando o grande dia!


A Pastoral Familiar Arquidiocesana vai realizar no dia 21 de abril um encontro que já virou tradição: o ‘ Lazer da Família’. Então, você que vai estar em Teresina no feriado de Tiradentes deve se programar para esse momento fraterno que terá como cenário o Clube dos Subtenentes e Sargentos, que fica localizado na Avenida São Raimundo, no bairro Cristo Rei.






O momento festivo tem como tema “Cultivar e guardar a criação é missão das famílias”,  o encontro não é limitado apenas para membros da pastoral familiar. O convite é para toda a família. “Será uma manhã de lazer com brincadeiras,  festival de brindes com o sorteio de Tv, Smartphone, Um Salário mínino e muitos outros eletrodomésticos, 













além de piscinas liberadas e a apresentação dos nossos talentos paroquiais”




A Comissão Arquidiocesana da Pastoral Familiar orienta que os interessados devem procurar suas paróquias para adquirir a filipeta, ou então, que podem ser adquiridas no local do evento. As filipetas será o acesso a entrada no clube. O valor do bilhete custa R$ 5,00 (cinco reais). 





A confraternização será animada pelas bandas ‘Os Mensageiros da Alegria’ e ‘Klip Mania’. 






“Uma parceria com a Faculdade Santo Agostinho será o grande diferencial. As atividades recreativas junto às famílias serão conduzidas por estudantes de educação física da instituição”, confirma.


As portas do clube estarão abertas a partir das 10h da manhã.





quarta-feira, 5 de abril de 2017

Formação


A Comissão Arquidiocesana da Pastoral Familiar, estará neste domingo dia 09 de abril no Rural I, em um momento de formação pela manhã, e pela tarde reunião com os coordenadores paroquiais das cidades que compõe o Rural I.




sábado, 18 de março de 2017

Formação Pré-Matrimônio



A Comissão Arquidiocesana da Pastoral Familiar, visando preparar melhor seus agentes, estará realizando uma formação específica para o Setor Pré-Matrimônio, que acontecerá sábado dia 18 de Março a partir das 15:00, no Centro Pastoral Paulo VI.

Aguardamos todos vocês.

terça-feira, 7 de março de 2017

Formação para o Setor Casos-Especiais

A Comissão Arquidiocesana da Pastoral Familiar, convida os agentes do Setor Casos-Especiais para uma formação, que acontecerá dia 11 de março a partir das 15:00h, no Centro Pastoral Paulo VI.